6 razões para emagrecer antes de engravidar

Gestação e peso acima do ideal não combinam, e o ideal é emagrecer antes mesmo de o teste de gravidez apresentar resultado positivo. Isso porque, a cada quilo que se perde menor são os ricos atrelados a esse tipo gestante.

Toda paciente obesa deve ser considerada uma gestante de alto risco e merece cuidados especiais e um pré-natal mais cuidadoso. Além disto, é preciso ter um acompanhamento nutricional para segurar o ganho de peso.

Para saber se seu sobrepeso é preocupante basta calcular o seu Índice de Massa Corporal (IMC). Para isso, divida o peso pelo dobro da altura, se o resultado for superior a 25 indica sobrepeso. A preocupação, no entanto, deve ser redobrada caso o cálculo apresente números superiores a 30, um sinal de obesidade.


Separamos abaixo as principais razões apontadas por médicos para emagrecer antes de engravidar.

1. Dificuldade de fertilização
Mulheres acima do peso são mais propensas a desenvolver a síndrome do ovário policístico, o que dificulta a fertilização, de acordo com Luiz Flávio Fernandes, ginecologista da clínica Medicina da Mulher.

2. Aumento da incidência da diabetes gestacional
Se não controlada, a produção de glicose é acelerada, colocando a mãe e a criança em risco de morte. O bebê também pode nascer prematuramente e com macrossomia - doença que se caracteriza, principalmente, pelo excesso de peso. "Essa criança terá mais chances de ao longo da vida ter colesterol alto, problemas cardiovasculares e hipertensão", alerta o Dr. Luiz.

3. Chances de hipertensão
Com o aumento da pressão, a mãe pode ter eclampsia - uma série de complicações da gravidez, caracterizada por convulsões. E, assim como o problema da diabetes, a hipertensão amplia as chances de óbito e a possibilidade da criança nascer prematura. Ainda pode ter restrições de crescimento durante toda a vida.

4. Intensificação dos efeitos colaterais
Inchaços, dores nas costas, incômodos e desconfortos comuns às grávidas podem se intensificar em mães gordinhas. As estrias também tendem a aumentar.

5. Complicações no parto
Pelo excesso de gordura das gestantes, o parto pode ser mais demorado e haver complicações anestésicas.

6. Complicações no pós-operatório
As gordinhas tendem a ter mais infeções no corte e a cicatrização costuma ser mais demorada.                                            


Por isso é que eu quero emagrecer tambem antes dos treinos oficiais. O colesterol que me foi diagnosticado é uma alerta...


Comentários

  1. Tenho ouvido falar que o excesso de peso trás complicações na gravidez. Mas devemos ter atenção para o resto da nossa vida. Trás também outras complicações no dia a dia e na saúde!
    Agora que te estás a organizar para o plano bebé, desejo-te muita sorte e força!
    Bejinhos Ailec

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Plus consultés - Mais Consultados

#1 : FAVORITE'S INSTAGRAM