BLUE WHALE


Ola Aventureiras,

Como estão? Hoje, volto mais uma vez junto de vocês. Desta vez, para falar convosco de um assunto grave. Já faz alguns dias que se ouve falar do assunto nas redes sociais, e nas informações portuguesas, no Brasil também, e acho que em França igualmente.

Como podem ver no titulo, vamos conversar sobre a BALEIA AZUL.

Coucou Aventurières,

Comment allez-vous? Aujourd'hui, je reviens vers vous. Cette fois-ci, pour vous parler d'un sujet grave. Cela fait quelques jours, que l'on en entendant parler sur les réseaux sociaux et les informations portugaises, au Brésil aussi, et je pense qu'en France également.

Comme vous pouvez le voir en titre, nous allons parler de la BALEINE BLEU.




Em primeiro lugar, o porquê da baleia azul.
Uma crença popular quer que os mamíferos marinhos de uma espécie em especial, venham dar a costa, de maneira voluntária. Daí, o nome para esse jogo mórbido.
Trata-se de uma serie de 50 desafios, que vão de ouvir musica triste, ver filmes de terror e psicadélicos, suspender-se no vazio, auto-mutilar-se até acabar por suicidar-se.
Apareceu na Rússia em 2015, e está agora a emerge no Brasil e na Europa.

Em premier lieu, le pourquoi de la baleine bleu.Une croyance populaire veut que des cétacés d’une espèce particulière viennent s’échouer volontairement sur les côtes. D’où le nom donné à une série de 50 défis de plus en plus mortifères (se lever la nuit pour écouter une musique triste, se scarifier, monter sur un toit, etc.) lancés sur l’Internet et qui, en Russie, le pays où le phénomène a émergé en 2015, aurait conduit au suicide de dizaines d’adolescents. Ce jeux arrive au Brésil et en Europe.


O porquê de este post?

Acho que temos todos de ter cuidado com este novo jogo da morte, sobre tudo se vemos pessoas ou crianças serem maltratadas na escola ou na rua, se suspeitamos de violência domestica. São estes os alvos desse jogo, seres vulneráveis porque são fáceis de isolar do mundo.
Eu acho que esse tipo de jogo não é a solução, eu fui vitima de bullying mais nova, psicologicamente na escola. Hoje, deu por mim, a lutar para mostrar a essas pessoas que não levaram a melhor, e que consegui erguer-me e sou feliz.
Tem-se de pensar que pode ser um dia o nosso irmão ou irmã que passa por isso, ou mesmo os nossos filhos (presentes ou futuros).
Eu sei que é assustador, mas juntos podemos mudar o mundo, nunca que ia ser fácil mas pequenos gestos fazem toda a diference.

E VOS? O QUE PENSEM DESTE ASSUNTO SÉRIO DE MAIS PARA NÃO SER ABORDADO?


Le pourquoi de ce post?

Je pense que nous devons tous faire attention avec ce nouveau de la mort, surtout si l'on voit quelqu'un être maltraité dans la rue ou même au boulot, surtout si se sont des enfants (comme à l'école, par exemple); où si l'on suspecte de violence domestique. Se sont eux les cibles de son jeu, ils sont très vulnérables car il est facile de les isoler du monde.
Je pense que ce type de jeu n'est pas la solution, j'ai été victime de bullying quand j'étais plus jeune, psychologiquement à l'école. Aujourd'hui, je me vois luter pour montrer à ceux qui m'ont fait ça, pour leur montrer qu'ils n'ont pas eu la meilleure. J'ai réussi à me relever et être heureuse.
Nous devons penser à nos frères ou sœurs qui passent (ou peuvent passer) par ça, même à nos enfants (présents ou futurs).
Je sais que cela fait peur, mais ensemble, on peut changer le monde, je n'ai jamais dis que cela serais facile mais de petits gestes peuvent faire une grande différence.

ET VOUS? QUE PENSEZ-VOUS DE CE SUJET TROP SÉRIEUX POUR NE PAS ÊTRE ABORDÉ?



Suivez-moi sur / Seguem-me em

Comentários

  1. Ótimo texto e delicado o tema neh.. nem tenho muito a comentar, foi bem informativo e achei legal vc colocar um pouco da sua experiência de vida. Gostei do post em várias línguas!! Sucesso! Bjo! Thata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado. Ainda bem que gostou...
      Acho que temos de partilhar um pouco de nos através do nosso blog.
      Beijos grandes

      Excluir
  2. Boa tarde flor, como vai?
    Primeiro na minha opiniao esses tipos de jogos deveriam ser banidos , pois isso mexe muito com a cabelo de um adolescente que passa por diversas dificuldade. gostei bastante do seu ponto de vista. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por participar. acho que este assunto deve ser partilhada com o máximo de pessoas possíveis, para prevenir.
      Beijos

      Excluir
  3. Esse jogo da baleia azul é de terror, é um perigo para todas as crianças e adolescentes, informações da baleia azul tem que ser divulgado muito para que as pessoas possam entender o perigo desse jogo, ótimo post com informações importantes, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda. Por isso espero que as pessoas partilham este assunto com o máximo de pessoas possíveis.
      beijos

      Excluir
  4. Olá. Tudo bem?
    Esse post é de muita utilidade para as pessoas ficarem mais informadas, acho de bastante importância. E esse tipo de coisa nem deveria existir, mexe com a cabeça das pessoas fazendo com que se sintam "inúteis" e cometam algo que não tem volta. Parabéns pelo post. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado linda.
      Eu também não consigo perceber o que ganham ao fazem essas pessoas frágeis, sentiram-se inexistentes. Espero mesmo que as pessoas partilham para alertar mais gente desse perigo.
      Beijos

      Excluir
  5. Boa tarde tudo bem? Esse é um tema muito delicado não da para saber o que leva uma pessoa a participar disso chega ser triste ver pessoas fazendo isso com a própria vida sem pensar naquelas que os amam, seu texto esta muito bem explicado e trabalho parabéns pela matéria tomara que essa brincadeira de mal gosto passe o mais rápido possível

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado linda.
      Tenho medo que esse depois de passar essa onda a volta do jogo, aparece algo pior.

      Excluir
  6. Já demorou para ser banido esse tipo de jogo, e depois temos que ficar de olho em todos que estão com a suspeita de estar jogando e denunciar, claro. Parabéns pela iniciativa. Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada
      Infelizmente, acho que certas pessoas por ser banido vão procurar ainda mais... Temos de ficar mesmo de olho nos que nos rodea
      beijo

      Excluir
  7. Esse é um assunto que eu estou ouvindo muito, e é importante mesmo ser abordado pra que possa ser conscientizado para que as pessoas possam ficar mais atenta a seus filhos e até amigos.

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu gostaria que o meu post chega-se até mais gente.. que as pessoas o partilha-se
      beijos

      Excluir
  8. Oi, tudo bom?
    Acho importante que tenha um assunto desse sendo discutido por aí. Tantas vezes fechamos os olhos para os problemas dos outros, ou causamos os problemas, e depois julgamos atitudes tomadas por essas pessoas. Porém, ter esse assunto sendo discutido também traz algumas decepções, comentários nada gentis de pessoas próximas. Adorei o post.
    Até mais o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Infelizmente, a sempre quem se sente superior e que não reflectem antes de falar.
      A vida não é sempre feita de coisa cor de rosa, é preciso ter consciências disso e saber partilhar...

      See you

      Excluir
  9. Em Portugal já fez as suas vitimas... Parabéns pelo texto, muito elucidativo!
    É bom que este assunto seja muito debatido para que chegue ao conhecimento do maior número de pessoas possível, familiares e educadores, e os próprios "alvos" percebam que não é esse o caminho e não se tornem nas próximas vitimas!

    http://magarosa3.blogspot.pt/
    (Rosa Rosa)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente em Portugal, já fiz algumas vitimas.
      Gostaria que esse artigo seja partilhado por as pessoas, com os seus amigos e poder chegar a mais gente.

      Excluir
  10. Oi Alexandra, tudo bem?

    O jogo da Baleia Azul realmente é algo muito complicado de lidar e está mexendo com todas as pessoas atualmente. Por um lado eu entendo as pessoas que entram no jogo, pois elas apenas buscam se livrar do vazio que sentem ou da tristeza que as consome. Passar pela fase da adolescência não á fácil e ter o bullying atrelado a isto torna tudo cem vezes mais difícil e confuso. Passei por várias situações difíceis nessa fase, mas nunca pensei em me automutilar ou cometer uma ação mais grave como o suicídio. Creio que as pessoas que cometem tais ações é porque sentem falta de apoio, de carinho, de amor. É sempre válida a discussão sobre esses temas!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A adolescência é um período difíceis para todos mas temos de saber lidar. Mas acho que há casos bastantes extremes, que fazem com que essas crianças vão nesse tipo de jogo.
      beijos

      Excluir
  11. Um assunto muito importante de ser abordado. Precisamos conscientizar que esse jogo não é do bem, não é saudável. É preciso conscientização, supervisão dos filhos, crianças e adolescentes que no momento para ser aceitos, acabam entrando nessa. É de grande valia discutir e conscientizar sobre este assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. percebeu bem o meu artigo. Temos mesmo de apoiar e consciencializar a nova geração

      Excluir
  12. Esse jogo da baleia azul é muito triste né =\ precisamos ficar atentos sempre ao que acontece com nossas crianças e adolescente, pois num descuido podem se meter em um jogo absurdo e doloroso desses por pura ingenuidade ou por se sentirem muito isolados e acabar tendo um fim triste e trágico. Muito legal que você aborde esse tema no seu blog, pois é de utilidade pública. Precisamos falar sobre esse assunto e alertar todo mundo ao máximo que podemos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso é que conto convosco, para partilhar essas informações e quem sabe este artigo com os vossos conhecidos. O que agradeceria...

      Excluir
  13. Olá! Um post importantíssimo. Suicídio é um assunto que as pessoas infelizmente ainda considerm tabu. Alguns até acham frescura... Mas não é! Depressão é coisa séria...

    Gostei muito do post. Beijos, Lorena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, fico feliz por um lado que tenha gostado do meu artigo, mesmo se o assunto não é dos mais alegres.
      Beijos

      Excluir
  14. Eu fico chocada em saber que esse jogo conseguiu se estender pelo mundo, sabe? Como pode ter gente nesse planeta capaz de se aproveitar da dor alheia para jogar? E pior, fazê-la tirar a vida? Por diversão? Sinto dizer, mas o criador disso tudo é doente e monstruoso. Aqui no Brasil está aparecendo cada vez mais casos de suicídios e pessoas internadas por não completarem as fases muito bem, espero muito que nossa polícia consiga derrubar os servidores desse jogo. Precisamos cuidar de nossas crianças. E mais do que nunca monitorar o que elas fazem no computador quando sozinhas, eu mesma só pude vir para o quarto com meu notebook quando completei 18 anos. É um jogo absurdo, se aproveitar da depressão dos outros é desumano demais sabe? Amei a postagem, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico de uma certa maneira contente por ter gostado do meu artigo, mesmo se o assunto não é para essa felicidade.
      Acho que nunca conseguiremos perceber o que se passa na cabeça dessas pessoas, que se aproveita da fraqueza dos outros.
      Beijos

      Excluir
  15. Olá.
    Muito bacana o seu post. Acho que o fundamental é mostrarmos que nos importamos como as pessoas. Como você disse, se vermos alguém passando por esse tipo de situação devemos ajudar, nem que seja para sentar e conversar, pois isso pode fazer uma enorme diferença.

    Beijos
    www.mundoinvertido.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas pequenas diferenças podem mudar grandes momentos.
      Beijos

      Excluir
  16. Pra mim é mais uma coisa pra acabar com a nossa juventude. Gente, isso é ilógico. Os pais deveriam tomar as rédeas dessa situação. Fiquei muito abalada aí saber disso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que a uma geração que anda mais preocupada com o seu umbigo do que nos filhos e o que se passa a sua volta. mas acho que isso está a mudar, pelo menos na geração de hoje.
      Não estou a generalizar porque sabemos que há casos extremos, nem todos somos iguais em frente a varias situações.

      Excluir
  17. Acho bem complicado!
    Surgiram várias explicações para quem entra nesse jogo. Entre se sentir incluído, chegar num objetivo (para quem não tem algum), testar limites, etc.
    O que sei é que temos que cuidar dos adolescentes pois essa é uma época de formação de caráter, descobertas, dúvidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. são os mais vulneráveis, é um período na nossa vida onde somos muito influenciados.

      Excluir
  18. Bonjour,

    Je ne connaissais même pas cette nouvelle pratique qui est tout aussi stupide que les précédentes... C'est vraiment très dangereux de lancer ce défi. Malheureusement beaucoup de jeunes font ça pour quelques minutes de gloire ... Mais oui je considère que c'est relativement grave et qu'il faut en parler. Je suis contente d'avoir découvert ton article.

    Bisous, Juliette

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Merci, je suis ravi de voir que vous avez aimé mon article, même si se n'est pas un thème très sérieux.
      Bisous

      Excluir
  19. Esse jogo assustador nos mostra os perigos que estamos expostos nas redes sociais todos os dias. Assim, como vc, muitas pessoas também sofreram bullying em maior ou menor grau, mas a grande parte supera. Acho que os assuntos que envolvem esse jogo envolvem outros fatores também que contribuem para levar os adolescentes à esse jogo perigoso que envolve a própria vida. Ótimo post.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou contente que tenha gostado do post, mesmo sendo um assunto delicado. Infelizmente, haverá sempre quem se aproveita da fraqueza alheira

      Excluir
  20. O assunto é bem delicado, adorei a postagem, a maneira como aborda o assunto, suicídio na adolescência não é brincadeira, foi necessário uma monstruosidade dessas se espalhar pelo mundo feito vírus para as pessoas pensarem com mais seriedade sobre suicídio na adolescência. :c

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, sim, foi preciso pegar uma dimensão desse tamanho para se ouvir falar dele. Não é por isso que se vê muita gente falar disso.
      Eu achei o assunto super grave e senti a necessidade de partilhar convosco.

      Excluir
  21. Gostei muito do texto, parabéns pela iniciativa de falar de algo tão polêmico que ainda assim é um tabu, o assunto é bem complicado e devemos saber aborda--lo. Durante a leitura achei bem interessante o fato do posta estar em outra língua também, show de bola!

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo lindo comentário.
      Eu acho que o problema está aí, no caso de ser tabu. Não podemos deixar isso acontecer porque infelizmente, elas acontecem e é preciso falar.
      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Plus consultés - Mais Consultados

Tag #4

Pijama's Day